1 – INTRODUÇÃO

Publicado: 11/02/2009 em Estudo 1 - UMBANDA - Conceitos Básicos

                   

Caro companheiro de estudo, eu como todo bom filho de Ogum, curioso e muito teimoso, venho pesquisando sobre a Umbanda, suas origens, suas raízes e seus fundamentos, buscando com isso tirar as muitas dúvidas que pairam em minha cabeça. Resolvi algumas, apareceram outras, o importante é que cada dia que passa, venho aprendo ainda mais.

Com isso aprendi que “UMBANDA É COISA SÉRIA PRA GENTE SÉRIA!”

Aprendi também que a Umbanda é o retorno à simplicidade de cultuar Deus. Religião que se baseia na Caridade, usando para isso todos os recursos das forças divinas da natureza em favor ao próximo.

Estou aqui não para apresentar uma nova filosofia sobre a UMBANDA, mas sim um modelo, uma tese, baseada em muita pesquisa e estudos em livros, sites, listas de email, conversas com dirigentes de terreiros, na própria vivência do dia-a-dia dos trabalhos e nas palavras dos Orixás e dos grandes mensageiros da nossa Umbanda.

Aproveito aqui para agradecer a todas as Entidades maravilhosas que me ensinam através de seus ensinamentos a Humildade, a Caridade Pura e o Amor ao Próximo.

Agradeço também aos meus amigos de todas as listas de email e comunidades do Orkut que participo, onde me auxiliam em minhas dúvidas, onde busco, através dessa troca de experiência, agregar mais conhecimentos e fundamentos. Aos leitores do blog, pois através de suas opiniões, sugestões, suas criticas e do debate sadio venho buscando um consenso pelo menos nos temas abordados. É como uma amiga me disse: “O resultado desse estudo é uma "Sinfonia" de muitos compositores!”

O nosso objetivo aqui será, durante o decorrer desse estudo, buscar o que há de verdade na Umbanda, discutindo pontos de vista, sempre buscando levantar o véu que há sobre alguns conceitos, enfim, abrir nossas mentes para que cada um possa chegar a suas próprias conclusões sobre o que é ou não verdade dentro da Umbanda.

Espero que todos consigam aprender aqui algo que lhes permita uma melhor compreensão dos verdadeiros objetivos dessa religião tão querida e ao mesmo tempo tão pouco compreendida. Esteja certo que para uma boa compreensão dos assuntos aqui abordados, é preciso inicialmente que você, abra a sua mente, dispa-se de seus preconceitos, esteja aberto ao novo, aberto à conceitos que conclamarão seu raciocínio à conclusões muita das vezes diferentes daquelas que você assumiu até hoje como verdades ou simplesmente servirão para fundamentá-las melhor.

Espero ajudar certamente em uma mudança no seu modo de ver a vida, sua religião, os seres à sua volta, o mundo enfim, a descobrir um novo ser que estará pronto para nascer de dentro do atual.

Então, abra sua mente, raciocine! Vamos buscar o fortalecimento da nossa querida umbanda! Tenha orgulho de dizer: “Eu sou umbandista!”

 

Bom estudo!

 

Jorge Botelho

 

"O nome de Umbanda, que foi dado a um vigoroso movimento de luz, ordenado pelo Astral Superior, através dos Caboclos e Pretos Velhos, é termo litúrgico, sagrado, vibrado, que significa num sentido mais profundo, o conjunto das leis de Deus."

W. W. da Matta e Silva

 

"A doutrina da Umbanda é um sistema religioso inspirado nas leis divinas. Sua interpretação é feita pelos Guias Espirituais que a transmitem por via das comunicações mediúnicas. A lógica, a justiça e a razão são as bases dos conceitos emitidos pelas Entidades em torno de tudo o que nos rodeia na vida terrena. A doutrina umbandista é uma via de reformação humana, de espiritualização autêntica para transformar em realidade o almejado sonho de fraternidade entre os homens. Não é falsa asserção, pois é notório o resultado obtido com a doutrina ininterruptamente feita pelos espíritos missionários que se apresentam como Pretos Velhos ou Caboclos".

 João de Freitas

 

"Não cobrar, não matar, usar o branco, evangelizar e utilizar as forças da natureza – eis a Umbanda".

Moab Caldas

 

"Os conceitos emitidos através da mediunidade de Zélio de Moraes determinaram uma linha de trabalho que será, mais hoje, mais amanhã, aquela que definirá os rumos verdadeiros da Umbanda".

Floriano Manoel da Fonseca

 

"Estamos vivendo uma religião para o futuro e não para o momento presente; o conteúdo doutrinário e a orientação filosófica devem ser estudados e apreciados de modo seguro e preciso, porque o proselitismo é o meio visado para propagar as idéias e estas devem estar desenvolvidas, permitindo o raciocínio em função da época científica em que vivemos. Umbanda é o ponto de convergência ritual na fusão de raças e crenças, como processo evolutivo num sentido de espiritualização. É o resultado da evolução do polissincretismo religioso existente no Brasil, no qual influíram motivações diversas, inclusive de ordem social, originando um novo culto de feição brasileira, num aspecto de síntese para o futuro. Estratificadas as bases reais e concretas, caminhando para uma definição ritual e litúrgica, será, como qualquer religião, sublime em seus postulados, edificante em seus princípios, respeitável em seus propósitos, reconfortante para os sofredores, compreensiva com os pecadores e justa em suas leis".

Cavalcanti Bandeira

 

"A Umbanda, esteira de luz a iluminar os filhos de Deus nos caminhos da trevas, chama a si todas as doutrinas evolucionistas que proclamam o Amor Universal, a imortalidade da alma e a vida futura, consagrando-se como verdadeira religião de caráter nacional".

J. Alves de Oliveira

 

"Se a nossa missão é Umbanda, nosso dever primordial é cultuá-la com absoluta convicção, respeitando seus princípios, estudando seus fundamentos a fim de compreender os seus fins. Respeitemos as outras crenças, mas deixemo-las a cargo daqueles que a praticam. Não é certo misturar crenças e rituais.

Estudemos a Umbanda, pura, simples e bela, para que possamos praticá-la conscientemente, elevando-a ao nível que merece. Umbanda é religião e ciência admirável, que apaixona quem a ela se dedica".

Atila Nunes

 

"Religião de raízes antiqüíssimas, cujas as origens remontam a eras anteriores ao Cristianismo, sua liturgia encontra-se a cada passo do Velho e do Novo Testamento, nos templos do Egito e da Índia e na própria Igreja Católica. Por mais remota que seja uma religião, nela encontraremos os vestígios da Umbanda, ou seja, sob outro ponto de vista, de cada uma delas a Umbanda dos nossos dias colheu uma contribuição para consolidar a sua própria liturgia.

Mas assim como a velha religião mosaica, à qual pertenciam os homens que falavam face à face com o próprio Deus, teve de ser expurgada por Jesus de todo rito impuro, a Umbanda deixou para trás a seita que os cientistas classificavam de animismo fetichista e, libertada dos rituais complexos, pesados e, por vezes, contrários às normas de bondade, caridade e perdão, passou a ser o caminho mais simples e acessível para o homem se aproximar do Criador".

José Alvares Pessoa

Anúncios
comentários
  1. Amanda disse:

    OI!!!!!
    Adorei seu blog, achei muitoooo interessante voce levar a público essa religião tão linda e seus ensinamentos. Também sou umbandista com muito orgulho. Voce esta de parabéns com seu trabalho. Tenho plena certeza de quem tem sido instruído por nossos amigos benfeitores da espiritualidade maior. Que possa levar cada dia mais ao público o que é realmente a Umbanda, pra que assim as pessoas possam entender que não tem nada a ver com o lado obscuro da espiritualidade. Bjuxxx fique com Deus. 

  2. Iara disse:

    Olá, muito bom o seu trabalho, adorei, simples e tudo bem explicado. Te add no orkut, pois é muito bom poder trocar idéias com pessoas sérias.
    Conheço a Umbanda há muito tempo mas só agora estou participando ativamente da religião, inclusive gostaria de pedir ajuda para indicação de alguns livros.
    Parabéns pela sua iniciativa, que Deus te abençoe pelo auxílio que está nos dando.
    Obrigada e um abraço.
    Iara

  3. Ricardo disse:

    Meus parabéns por estas iniciativa de esclarecimento.Eu sou espírita kardecista,e já tive a oportunidade de frequentar um terreiro.Hoje eu aprendi mais a respeito desta benfeitora religião.Continui com este trabalho pois há muitas pessoas que precisam ter conhecimento maiores sobre os trabalhos realizados nos terreros.PARABÉNS E MUITO OBRIGADO!

  4. Dayse disse:

    Parabéns!Linda matéria!Gostaria de convida-lo pro forum Portal da Luz, um fórum que busca esclarecer e iluminar as mentes. E pra isto, conta com pessoas como voces todos que aqui se encontram lendo e buscando a luz da verdade.http://www.portaldaluz.comVenham nos conhecer, e obrigada pela atenção.

  5. teacher1931hotmail.com disse:

    Oi, quero conhecer melhor a Umbanda.

  6. Daniel Conceição disse:

    Olá!

    Muito interessante as colocações feita no texto. Tenho certeza que isso também é uma forma de desenvolvimento tanto Espiritual como Material. Mas a minha dúvida é: As orientações evolutivas só podem ser passadas por Caboclos e Pretos Velhos? Sou Medium iniciante, faço parte de um Centro que trabalha com as duas linhas e no entanto recebo orientações da Entidade Zé Pilintra e a Cigana Magdala, sinto que minha vida mudou muito no sentido de está aberto aos princípios básicos da Doutrina das quais são: Humildade, Sinceridade, Lealdade e Fé. Resumindo, me sinto em Paz!

    Com toda humildade e respeito, gostaria muito de obter essa resposta.

    Desde já agradeço a atenção!

    Que a Paz de Oxalá esteja com todos(as).

    • Oi Daniel… boa tarde… Exús e Pomba-Giras são excelentes orientadores… claro q depende muito da linha da casa!!! Mas em um terreiro que pratica uma Umbanda Séria e de respeito geralmente eles são entidades doutrinadas e muito formosas e com grandes ensinamentos a nos passar!!!

      Grande Abraço

      • Daniel Conceição disse:

        Muito obrigado por sanar minha dúvida. Tenho certeza que irei absorver muita sabedoria transmitida por você sob orientações de Espíritos evoluidos.

        Muito Obrigado!

        Que Deus Ilumine sempre.

  7. Daniel Conceição disse:

    Meu contato no email: danielconceicao21@gmail.com

    Aguardarei retorno.

    Obrigado!

    • Veronica disse:

      Boa noite!gostaria muito de saber como me concentrar,pois sou médium iniciante em um terreiro de umbanda e não consigo me concentrar direito,sempre que sinto as vibrações eu volto a si e a mãe do terreiro me pede para me concentra melhor e não deixar passar mais nada.Eu ainda não sei como fazer isso
      ,por isso peço que você me oriente mais.Desde já eu agradeço.Que Oxalá esteja conosco.

      • Boa noite Verônica… se preocupa não… é assim msm… com o tempo vc vai estreitar o laço de afinidade com suas entidades e dará tudo certo.
        uma boa dica é vc se concentrar nos pontos cantados, sintas as vibrações e deixa fluir!!!

  8. Wander disse:

    Muito bom seu trabalho, inclusive compartilhei no grupo que administro do Terreiro que frequento. Senti apenas falta de uma parte com as referências bibliográficas, no mais está perfeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s